Ministério do Esporte Por meio da Lei de Incentivo, CBJ realiza maior treinamento de campo sub 21 da história
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE

 
Conheça os principais programas e ações da Secretaria Especial do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações: (61) 3217-1875E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

Por meio da Lei de Incentivo, CBJ realiza maior treinamento de campo sub 21 da história

Treinamento segue até o próximo domingo, com a presença de judocas estrangeiros (Foto: Divulgação/CBJ)Treinamento segue até o próximo domingo, com a presença de judocas estrangeiros (Foto: Divulgação/CBJ)

O nível alcançado pelo judô brasileiro está atraindo olhares do mundo todo. E isso pode ser comprovado pelos últimos treinamentos de campo realizados pela Confederação Brasileira de Judô (CBJ). Depois de ter batido o recorde de países participantes em um treinamento da equipe sênior em Saquarema, no Rio de Janeiro, no último mês de fevereiro, agora um novo recorde está sendo batido em Campo Grande, Mato Grosso do Sul.

A cidade está recebendo o maior treinamento de campo sub 21 da história do Brasil, que contará com cerca de 300 atletas por dia até a próxima quarta-feira (21.05). Além dos brasileiros de 26 estados que participaram do Campeonato Brasileiro Sub 21, estão participando das atividades os atletas convidados pela comissão técnica e judocas do Japão, França, Itália, Estados Unidos e Porto Rico. De quarta a domingo, apenas os principais atletas da equipe sub 21 e os estrangeiros participam das atividades, realizadas em parceria com o Ministério do Esporte, por meio da Lei de Incentivo ao Esporte.

“Estamos muito felizes em poder receber todos esses países. É uma mostra de que o judô brasileiro é um dos melhores do mundo também na base. Temos certeza de que a troca de conhecimento entre atletas e técnicos de diversos estados e de outros países fará com que todos que estão aqui voltem pra casa melhores do que chegaram”, disse gestor técnico das equipes de base, Kenji Saito.

As atividades estão sendo desenvolvidas no Eco Hotel do Lago, a 15km da capital. O resort, como o próprio nome já diz, possui um lago próximo a uma mata, onde é possível ver diversas espécies de pássaros como corujas, maritacas, canários e até araras azuis. Praticamente todos os quartos do estabelecimento estão ocupados. E foram precisas adaptações para atender bem a todos os visitantes. São dois refeitórios, uma sala de 700 m², que recebeu 389 peças de tatame, sala de fisioterapia e médica climatizada, auditório para palestras com atletas e técnicos e área de lazer com piscina e sala de jogos.

Ao todo, são 20 profissionais da comissão técnica diretamente envolvidos com a ação, como técnicos, assessores técnicos, preparador físico, psicóloga, nutricionista, fisioterapeutas e médicos.

Fonte: CBJ
Ascom – Ministério do Esporte
Acompanhe as notícias do Ministério do Esporte no Twitter e no Facebook

Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla