Ministério do Esporte Projeto “Zoológico Vai à Escola” leva conscientização ambiental e teatro a estudantes do Segundo Tempo
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE

 
Conheça os principais programas e ações da Secretaria Especial do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações: (61) 3217-1875E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

Projeto “Zoológico Vai à Escola” leva conscientização ambiental e teatro a estudantes do Segundo Tempo

Projeto Zoo vai à escola visita núcleo do Segundo Tempo. (Foto: Paulino Menezes)Projeto Zoo vai à escola visita núcleo do Segundo Tempo. (Foto: Paulino Menezes)A primeira semana de abril foi diferente para 300 estudantes do Programa Segundo Tempo (PST) Forças no Esporte, atendidos no Grupamento dos Fuzileiros Navais de Brasília. Eles receberam o projeto “Zoológico Vai à Escola” que, além da conscientização ambiental, levou a eles noções de cuidados com os animais, por meio de palestra, filmes, peças teatrais - inclusive com marionetes, e exposição de animais empalhados.
 
Os alunos contemplados são de famílias carentes. Durante palestra conferiram como acontece o tráfico de animais e também conheceram a origem do vidro, que vem da areia retirada dos rios, cujo processo de retirada degrada o meio ambiente ao causar erosão.
 
Integrantes do projeto do Zoológico de Brasília deram orientações sobre a destinação correta do lixo, com a separação dos resíduos secos dos orgânicos. Meninos e meninas, assistiram ao depoimento de um gari explicando como trabalhar com a reciclagem. “Devemos pegar a caixa de leite, abri-la na parte de cima, passar água e colocá-la pra secar. Garrafas pet de refrigerante e as de vidro que usamos casa também devem ser entregues limpas e secas na  hora da coleta “, ensinou Naiane Simões, 13 anos, aluna do Centro Educacional do Lago Norte.
 
A garotada prestigiou a exposição de animais empalhados. (Foto: Paulino Menezes)A garotada prestigiou a exposição de animais empalhados. (Foto: Paulino Menezes)Um dos momentos mais emocionantes foi quando a garotada prestigiou a exposição de animais empalhados. Entre os mais observados estavam o jacaré, lobo-guará, arara-azul, tartaruga, tucano e pelicano. Os alunos também puderam vem o tipo de dentição dos animais a partir da exposição de vários tipos de crânios e um exemplar de pele de cobra cascavel com cerca de 1,5 metro de cumprimento.
 
Marionetes – O teatrinho com marionetes deixou as crianças eufóricas. No elenco, bonecos interpretando a onça-pintada, o macaco chimpanzé, o sapo - que abre a apresentação - e a pantera. A história acontece dentro do zoológico quando um dos personagens fala que foi preso e o outro, que foi sequestrado. “A peça foi muito legal, foi muito alegre e divertida. Ri bastante”, afirmou Paulo Henrique Pereira, 8 anos, aluno do 3º ano na Escola Classe Varjão.
 
“Na verdade, a moral da história é mostrar para eles a importância da preservação da natureza e dos animais e que o zoológico não é lugar de prender, e sim, de cuidar. Também enfatizam a situação dos animais silvestres, e que qualquer pessoa pode ter uma animal em casa, desde que autorizada pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis (Ibama)”, explicou o suboficial Paulo Roberto de Faro, coordenador de núcleo do PST no grupamento.
 
 
Carla Belizária
Ascom – Ministério do Esporte
Acompanhe as notícias do Ministério do Esporte no Twitter e no Facebook
 
Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla