Ministério do Esporte Esporte educacional e combate à dopagem se destacam no documento final da Cúpula Ibero-Americana de Esporte
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE

 
Conheça os principais programas e ações da Secretaria Especial do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações:  (61) 3217-1875E-mail:O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

Esporte educacional e combate à dopagem se destacam no documento final da Cúpula Ibero-Americana de Esporte

A necessidade de investir na conexão entre esporte e educação, com ênfase no ensino da educação física nas escolas, e o combate à dopagem foram temas de destaque na Declaração Final da 25ª Assembleia do Conselho Ibero-Americano de Desporto (CID), realizada durante a semana em Punta del Este, no Uruguai. Pela primeira vez, todos os 22 países-membros – Brasil, Argentina, Uruguai, Bolívia, Paraguai, Chile, Colômbia, Venezuela, Equador, Peru, México, Costa Rica, Cuba, Honduras, Guatemala, Nicarágua, El Salvador, Panamá, República Dominicana, Porto Rico, Espanha e Portugal – enviaram representantes para a reunião de cúpula do esporte ibero-americano.

Foto: Paulo Rossi/Ministério da CidadaniaFoto: Paulo Rossi/Ministério da Cidadania

O secretário especial do Esporte do Ministério da Cidadania, Marco Aurélio Vieira, representou o Brasil na conferência. Além de participar das discussões e da elaboração do documento oficial, o secretário realizou uma série de reuniões bilaterais. Na quarta-feira (20.02), encontrou-se com os representantes de Portugal, da Bolívia e da Agência Mundial Antidopagem (Wada). Na quinta (21.02), conversou com o secretário nacional de Esporte do Uruguai e presidente do CID, Fernando Cáceres – eleito para um novo mandato de dois anos –, e com o diretor nacional do Instituto Peruano do Desporto (IPD), Victor Aspillaga.

Fernando Cáceres e Marco Aurélio Vieira. Foto: Paulo Rossi/Ministério da CidadaniaFernando Cáceres e Marco Aurélio Vieira. Foto: Paulo Rossi/Ministério da Cidadania

“A participação em conferências como esta é uma grande oportunidade para discutir políticas públicas e fazer um intercâmbio com experiências de outros países”, avaliou Marco Aurélio Vieira. Durante a plenária final, o secretário citou a capacitação dos professores de educação física e a sustentabilidade do esporte escolar como pontos fundamentais para o incremento da prática de atividades físicas pela população.

Marco Aurélio Vieira também pediu atenção especial aos países do CID para investimentos na acessibilidade das estruturas esportivas e para ações de combate ao assédio moral e sexual no esporte. “Tivemos casos recentes no Brasil. É necessário atuar de forma concreta para proteger o ambiente esportivo de qualquer tipo de discriminação e de assédio.”

O tema foi reforçado pela secretária executiva do CID e presidente do Conselho Superior de Esportes da Espanha, Maria José Rienda, e pela diretora de Direitos da Infância e Valores do Esporte do Conselho Europeu, Elda Moreno, que apresentou vídeo de uma campanha contra o assédio sexual a crianças e jovens desportistas na Espanha.

Os países ibero-americanos aprovaram na Declaração de Punta del Este a criação da Rede Ibero-Americana de Luta contra a Dopagem. Foi estabelecido um cronograma para que as agências nacionais – no Brasil, a Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD), vinculada à Secretaria Especial do Esporte do Ministério da Cidadania – consolidem a rede e a ata de constituição seja assinada durante a 26ª Assembleia do CID, prevista para o Equador, no ano que vem.

Victor Aspillaga e Marco Aurélio Vieira. Foto: Paulo Rossi/Ministério da CidadaniaVictor Aspillaga e Marco Aurélio Vieira. Foto: Paulo Rossi/Ministério da Cidadania

Pan e Copa do Mundo

Na reunião com o presidente do Instituto Peruano do Desporto (IPD), Victor Aspillaga, o secretário Marco Aurélio Vieira foi informado do andamento dos preparativos para os Jogos Pan-Americanos e Parapan-Americanos de Lima, em julho e agosto. Aspillaga fez perguntas sobre o legado dos grandes eventos esportivos no Brasil e sugeriu intercâmbio de treinadores em modalidades olímpicas e paralímpicas.

Já no encontro com o secretário Fernando Cáceres, o representante brasileiro garantiu apoio à candidatura conjunta de países sul-americanos para a Copa do Mundo de futebol em 2030. Além de Uruguai, Argentina e Paraguai, o Chile se incorporou ao projeto. Cáceres e Marco Aurélio Vieira conversaram também sobre a Copa América, que será disputada em cinco cidades brasileiras – Rio, São Paulo, Belo Horizonte, Salvador, Porto Alegre – nos próximos meses de junho e julho.

Paulo Rossi – Ministério da Cidadania, de Punta del Este (Uruguai)

 
 
Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla