Ministério do Esporte Visita a universidade chinesa em Quanzhou estreita parceria para internacionalizar o futebol nacional
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE
Ministério do
Esporte

 
Conheça os principais programas e ações do Ministério do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações: (61) 3217-1875E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

Visita a universidade chinesa em Quanzhou estreita parceria para internacionalizar o futebol nacional

O secretário nacional de Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor, André Argolo, e o chefe da Assessoria Especial de Integração Institucional do Ministério do Esporte, Marcello Martinelli, visitaram, na manhã deste sábado (dia 14 de abril na China e noite de sexta-feira, no Brasil), a Quanzhou Normal University, na cidade de Quanzhou, na província de Fujian.

A visita marcou o início do terceiro dia de agenda oficial da delegação brasileira na China em uma missão que tem como objetivo firmar parcerias com o governo chinês no setor esportivo. Os chineses têm querem utilizar a experiência do Brasil para desenvolver o futebol e seus derivados – beach soccer, futsal e futebol de 7 – no país asiático.

Os representantes do Ministério do Esporte foram recebidos por Qu Guangqing, reitor da Quanzhou Normal University, instituição que conta com 19 mil alunos e que tem em seu quadro 1.168 integrantes, dos quais 810 são professores em período integral.

Em dezembro do ano passado, durante o Grand Prix de Beach Soccer disputado na cidade Quanzhou, os jogadores e a comissão técnica da Seleção Brasileira de Beach Soccer ministraram uma palestra na Quanzhou Normal University. Depois disso e após o sucesso da competição, a universidade passou a fazer planos para que a modalidade seja praticada em seu campus.

A ideia é que a instituição possa se tornar, com os acordos de parceria que podem ser firmados com o Ministério do Esporte, uma referência do beach soccer na China. “Essa visita dos representantes do Ministério do Esporte nos deixa felizes e ressalta em nossa instituição o interesse pelo beach soccer”, afirmou Qu Guangqing.

Após a reunião com Qu Guangqing e demais diretores da Quanzhou Normal University, a delegação do Ministério do Esporte visitou o campus da universidade e foi levada a uma área do terreno onde será construído o novo campo de futebol. O reitor já faz planos para que a instituição construa também uma quadra de beach soccer que se torne um centro de treinamento em Quanzhou.

Desde a chegada à China, na quinta-feira (12.04), André Argolo e Marcello Martinelli já visitaram a ilha de Pingtan, a cidade de Fuzhou, e, neste sábado, após passarem pela Quanzhou Normal University, almoçaram com o prefeito da cidade de Quanzhou, Xiao Hanhui.

Gold Coast

Na sequência, os representantes do Ministério do Esporte partiram para a cidade de ShiShi, onde se reuniram com o prefeito Huang Chun Hui. Após o encontro, Argolo e Martinelli  conheceram a praia de Gold Coast, onde deverá ser realizado o próximo Grand Prix de Beach Soccer na China.

“Depois de três dias de compromissos, período em que nos reunimos com autoridades de diversas cidades da Província de Fujian, o que pude perceber é que existe um enorme interesse por parte dos chineses em desenvolver em seu país o futebol e seus derivados”, ressaltou André Argolo.

“Para nós, do Ministério do Esporte, que temos planos de internacionalizar o futebol brasileiro, isso é muito bom, pois abrem-se oportunidades de parcerias. Vamos trabalhar para concretizar esse intercâmbio, pois estamos certos de que isso renderá frutos para os dois países. Nossos profissionais terão um novo mercado e os chineses poderão utilizar todo o modelo que já adotamos no projeto Seleções do Futuro para desenvolver o futebol, o beach soccer, o futsal e o futebol de 7 na China”, continuou o secretário nacional de Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor.

No ano passado, o Ministério do Esporte, por meio da Secretaria Nacional de Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor, lançou o programa Seleções do Futuro, utilizando uma metodologia desenvolvida pela Confederação Brasileira de Futebol. O projeto implantará em todo o Brasil núcleos de treinamentos para que crianças e jovens de todos os estados, entre 6 e 17 anos, possam praticar o futebol desde cedo seguindo uma orientação profissional e uniformizada em todo o país.

Neste domingo (15.04), a delegação do Ministério do Esporte tem agenda na cidade de Zhangpu e, depois, parte para a ilha de Xiamen, onde, na terça-feira, encerra os compromissos oficiais na Província de Fujian. Na sequência, a delegação segue para Zuhai, também na China, onde participa da Soccerex, a maior feira de negócios do futebol mundial.

De Quanzhou – Luiz Roberto Magalhães – Ascom – Ministério do Esporte

Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla