Ministério do Esporte Brincando com Esporte leva atividades lúdicas e oportunidade a áreas de vulnerabilidade no Ceará
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE
Ministério do
Esporte

 
Conheça os principais programas e ações do Ministério do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações: (61) 3217-1875E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

Brincando com Esporte leva atividades lúdicas e oportunidade a áreas de vulnerabilidade no Ceará

Quando chegava o período de férias, o jovem Agloiton Freires Pires (foto), de 12 anos, tinha que se conformar em passar o tempo todo dentro de casa, sem ter o que fazer, ou brincar de bola na rua com outras crianças do bairro cearense de São Miguel, em Fortaleza. Em 2018, porém, foi diferente. O jovem teve de superar a vergonha e a timidez para se socializar nas atividades recreativas, esportivas e culturais do projeto Brincando com Esporte, desenvolvido na Vila Olímpica de Messejana.  
 
Agloiton faz parte de um grupo de cerca de 100 crianças e adolescentes que tem a oportunidade de participar de atividades que as distanciam de um cenário de vulnerabilidade social na capital do estado. Na Vila Messejana, a ideia é garantir aos meninos e meninas férias alegres, com diversão durante todo o mês. Nas aulas, eles contam com atividades físicas, em diferentes modalidades, além de ações lúdicas, como dança e teatro.
 
“Acho muito legal participar do projeto, porque a gente fica brincando com outras crianças. Antigamente, os meninos daqui só viviam brigando na rua. Agora, no lugar de brigar, estamos brincando de futsal, dama ou basquete”, disse Agloiton, que sonha em ser jogador de futebol.
 
Desenvolvido pelo Ministério do Esporte, o Brincando com Esporte oferece opções de esporte e lazer que preencham o tempo livre de crianças e adolescentes no período de férias escolares, de forma prazerosa e ao mesmo tempo construtiva. Fátima Andrade, coordenadora de núcleo da Vila Messejana, explica que muitos que estão participando do projeto mudaram a forma de agir, principalmente pelo trabalho desenvolvido com atividades esportivas.
 
“Tínhamos muitas crianças zangadas, querendo brigar e não queriam obedecer aos professores. Em pouco tempo estamos vendo uma melhora no comportamento delas. Como eles vivem em área de risco, com influência direta da violência, eles queriam trazer para cá essa violência também. Assim, podemos ver como o esporte modifica a vida de muitos”, revelou.  
 
 
As atividades do Brincando com Esporte no Ceará começaram na última segunda-feira (15.01). A ação é realizada por meio da Secretaria de Esporte do Ceará (Sesporte) e promove as atividades em 13 municípios, com núcleos em Acarape, Crateús, Eusébio, Iguatu, Ipu, Itapipoca, Itarema, Fortaleza, Juazeiro do Norte, Morada Nova, Quixeramobim, Sobral e Tauá.
 
“A gente já trabalhou o badminton, a dança, a capoeira, o futsal, o basquete adaptado, pois tempos crianças no projeto que são deficientes, como um cadeirante e outro deficiente visual. É um projeto interessante porque apresentamos diferentes modalidades esportivas”, acrescenta Fátima.
 
“Como é um projeto novo aqui em Fortaleza, muitas crianças estão empolgadas em participar. Tem crianças que vêm de manhã e gostam tanto que voltam à tarde. É gratificante ver”, disse Fátima, que explica que as atividades no núcleo serão desenvolvidas até 17 de fevereiro.
 
O Brincando com Esporte conta com cerca de 110 profissionais no Ceará, entre coordenadores de polo, agentes recreativos e auxiliares recreativos, no qual atuarão neste período realizando atividades que beneficiarão 1.300 crianças e adolescentes de seis até 17 anos de idade. 
 
“Os participantes além de se divertirem bastante, estão recebendo kits com lanches e uniformes, composto por camiseta, shorts, mochila, squeeze e boné. Será um tempo produtivo para cada um deles, onde estarão bem amparados por profissionais capacitados”, ressalta o secretário do Esporte, Euler Barbosa.
 

De Fortaleza, Breno Barros - Ministério do Esporte
 
Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla