Ministério do Esporte FIFA confirma Copa Rio 1951, vencida pelo Palmeiras, como primeiro Mundial de Clubes
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE
Ministério do
Esporte

 
Conheça os principais programas e ações do Ministério do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações: (61) 3217-1875E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

FIFA confirma Copa Rio 1951, vencida pelo Palmeiras, como primeiro Mundial de Clubes

ReproduçãoReproduçãoO ministro do Esporte, Aldo Rebelo, recebeu nesta semana a confirmação, agora em documento da FIFA, que o Palmeiras é o primeiro campeão mundial interclubes. A informação está em cópia da ata da reunião do Comitê Executivo da entidade máxima do futebol, que atendeu um pedido do clube paulista de reconhecimento do título, encaminhado em 2001.

O Palmeiras conquistou o torneio internacional em 1951, derrotando a Juventus de Turim (Itália). No primeiro jogo, vitória paulista por 1 x 0, gol de Rodrigues. A segunda partida terminou empatada por 2 x 2, Liminha e Rodrigues marcaram pelo alviverde, enquanto Praest e Bonipertti anotaram pelos italianos. Os jogos aconteceram no Maracanã.

Num encontro com dirigentes da FIFA, ainda durante a preparação para a Copa do Mundo, o ministro defendeu o pedido palmeirense, afinal atendido. Quando recebeu a cópia da ata, Aldo Rebelo disse que “a decisão da FIFA homenageia o clube mais vitorioso do Brasil no século 20 e um dos três maiores do país, ao lado de Santos e Botafogo”.

A demanda do Palmeiras vinha desde 2001, quando o clube enviou um pedido de reconhecimento do título à FIFA e à CBF. A primeira resposta chegou ao Brasil em carta datada de 9 de março de 2007 e assinada pelo então secretário-geral da FIFA, Urs Linsi. “Após minuciosa pesquisa, temos o prazer em anunciar que a FIFA concorda com sua proposta e aceita a Copa Rio 1951 como a Primeira Copa Mundial dos Clubes. Portanto, gostaríamos de solicitar que façam chegar essa designação diretamente à Sociedade Esportiva Palmeiras”.

Ainda em março de 2007, no dia 29, Ricardo Teixeira (ex-presidente da CBF) transmitiu a informação da FIFA à direção do Palmeiras. Mais recentemente, em abril de 2013, em ofício assinado pelo atual secretário-geral da entidade máxima do futebol, Jérôme Valcke, referendou a decisão em carta enviada ao ministro Aldo Rebelo.

Intitulado “Reconhecimento da Copa Rio 1951 como a Primeira Copa Mundial de Clubes”, o documento afirma que “depois do grande sucesso da Copa do Mundo FIFA no Brasil em 1950, a CBD decidiu promover outro campeonato em parceria com a FIFA visando elevar a qualidade técnica do esporte. Isso foi alcançado na Copa Rio 1951”.

No encerramento da carta, Valcke afirma que “além de garantir uma excelente organização do evento, o Brasil também pôde, orgulhosamente, ver o clube brasileiro Palmeiras vencer a final do campeonato contra o Juventus”.

Participaram da Copa Rio 1951, além de Palmeiras e Juventus de Turim, o Vasco da Gama, o Nacional de Montevidéu, o Áustria Viena, o Sporting de Portugal e o Estrela Vermelha da Iugoslávia.

» Confira a campanha palmeirense na competição:

1º Fase

30/6/1951 Olympique Nice-FRA 0x3 Palmeiras
Estádio Pacaembu
Gols: Aquiles, Ponce de Leon, Richard (PAL)
Olympique: Robert Germani, Serge Pedini, Mohamed Firoud, Jean Belver, Cesar Gonzalez, Rossi Leon, Bonifaci Antoine, Bengtsson Per, Yeso Amalfi, Désir Carre, Hjalmars Ake.
Palmeiras: Oberdan, Salvador, Juvenal, Waldemar Fiume, Luiz Villa, Dema, Lima, Aquiles (Richard), Ponce de Leon, Jair Rosa Pinto (Rodrigues), Canhotinho. Técnico: Ventura Cambon

5/7/1951 Estrela Vermelha-IUG 1x2 Palmeiras
Estádio Pacaembu
Gols: Ongzanov (EST); Aquiles, Liminha (PAL)
Estrela: Krivokuca Srboljuc, Tadic, Stankovi Branko, Palfi Bena, Duratinec, M. Disuic, Ognjanov, Mitic Raiko, Tomasevic Kosta, Djajic Predrag, Vukosavljevic Bane.
Palmeiras: Oberdan, Salvador, Juvenal, Waldemar Fiume, Luiz Villa, Dema, Lima, Aquiles, Liminha, Jair Rosa Pinto (Canhotinho), Rodrigues. Técnico: Ventura Cambon

8/7/1951 Palmeiras 0x4 Juventus-ITA
Estádio Pacaembu
Gols: Boniperti (2), Karl Hansen, Praest (JUV)
Palmeiras: Oberdan, Sarno, Juvenal, Waldemar Fiume, Túlio, Dema, Lima, Aquiles (Ponce de Leon), Liminha, Canhotinho (Jair Rosa Pinto), Rodrigues. Técnico: Ventura Cambon
Juventus: Viola, Bertuccelli, Manente, Mari, Parola, Piccinini, Muccinelli, Karl Hansen, Boniperti, Johan Hansen (Vivole), Praest.

Semifinal

11/7/1951 Palmeiras 2x1 Vasco da Gama
Estádio Maracanã
Gols: Richard, Liminha (PAL), Maneca (VAS)
Palmeiras: Fabio, Salvador, Juvenal, Waldemar Fiume (Túlio), Luiz Villa, Dema, Liminha, Aquiles (Ponce de Leon), Richard, Jair Rosa Pinto, Rodrigues. Técnico: Ventura Cambon
Vasco: Barbosa, Augusto, Clarel, Ely, Danilo, Alfredo, Tesourinha, Ipojucan (Vasconcelos), Friaça, Maneca, Dejayr.

15/7/1951 Vasco da Gama 0x0 Palmeiras
Estádio Maracanã
Gols: nenhum
Vasco: Ernani Guimarães, Augusto, Clarel, Ely, Danilo, Alfredo, Tesourinha, Vasconcelos, Friaça, Maneca, Dejayr.
Palmeiras: Fabio, Salvador, Juvenal, Túlio, Luiz Villa, Dema, Liminha, Ponce de Leon, Richard (Lima), Jair Rosa Pinto, Rodrigues. Técnico: Ventura Cambon

Final

18/7/1951 Palmeiras 1x0 Juventus-ITA
Estádio Maracanã
Gols: Rodrigues (PAL)
Palmeiras: Fabio, Salvador, Juvenal, Túlio, Luiz Villa, Dema, Lima, Ponce de Leon, Liminha, Jair Rosa Pinto, Rodrigues. Técnico: Ventura Cambon
Juventus: Viola, Bertucceli, Manente (Bizotto), Mari, Ferrari, Piccinini, Muccinelli, Karl Hansen, Boniperti, Vivole, Praest.

22/7/1951 Juventus-ITA 2x2 Palmeiras
Estádio Maracanã
Gols: Praest, Karl Hansen (JUV); Rodrigues, Liminha (PAL)
Juventus: Viola, Bertucceli, Manente, Mari, Parola, Bizzoto, Muccinelli, Karl Hansen, Boniperti, Johan Hansen, Praest.
Palmeiras: Fabio, Salvador, Juvenal, Túlio, Luiz Villa, Dema, Lima, Ponce de Leon (Canhotinho), Liminha, Jair Rosa Pinto, Rodrigues. Técnico: Ventura Cambon

Fernando Guedes, com informações da Sociedade Esportiva Palmeiras
Ascom – Ministério do Esporte
Acompanhe as notícias do Ministério do Esporte no Twitter e no Facebook
Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla