Ministério do Esporte Toronto 2015: No levantamento de peso, Rosane Santos termina em quarto lugar
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE
Ministério do
Esporte

 
Conheça os principais programas e ações do Ministério do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações: (61) 3217-1875E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

Toronto 2015: No levantamento de peso, Rosane Santos termina em quarto lugar

 
O Brasil fez sua estreia no levantamento de peso dos Jogos Pan-Americanos de Toronto 2015 neste domingo (12.07). Rosane Santos mostrou força e terminou a competição na quarta colocação. Na categoria até 53kg, a carioca somou 182kg e, pela diferença de apenas 1kg, não subiu ao pódio.
 
O ouro ficou com a colombiana Rusmeris Barboza. Genesis Gomez, da Venezuela, faturou a prata e Yafreysi Velgar, da República Dominicana, o bronze. A outra brasileira na prova, Letícia Laurindo, foi a sexta.
 
“Sabia que podia brigar pela medalha de bronze. O nível técnico das minhas adversárias é forte e essa diferença mínima é a prova de que eu estou no caminho certo. O Pan de Toronto é peça fundamental na nossa preparação para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro 2016”, lembrou Rosane.
 
O Brasil volta nesta segunda-feira (13.07) ao Oshawa Sports Centre. Dessa vez com a paulista Bruna Piloto (63kg), que vai brigar pela primeira medalha feminina na modalidade. Na história dos Jogos Pan-Americanos, o país tem 18 medalhas no levantamento de peso (uma de ouro, quatro de prata e 13 de bronze), todas em disputas masculinas. 
 
 
Com o objetivo de colocar o Brasil em condições de brigar com as grandes potências do mundo em igualdade de condições, o governo federal tem investido na modalidade. Além dos mais de R$ 2 milhões entre Bolsa Atleta e Bolsa Pódio - sem contar o R$ 1,5 milhão recebido pela Lei Agnelo/Piva em 2014 -, o Centro de Formação Olímpica (CFO), em Fortaleza, está em fase final de construção. O local terá capacidade para treinos e competições de 26 modalidades olímpicas, entre elas o levantamento de peso.
 
» Detalhamento dos investimentos federais no levantamento de peso:
 
Bolsa-Atleta: 80 bolsistas contemplados - R$ 1.230.450,00/ano. * com halterofilismo
 
Bolsa Pódio: 3 atletas, com valor ainda não publicado. 4 atletas paraolímpicos - R$ 576.000,00/ano.
 
Agnelo/Piva: R$ 1.500.000,00 em 2014
 
Carlos Eduardo Cândido, de Toronto (Canadá)
Ascom - Ministério do Esporte
Acompanhe as notícias do Ministério do Esporte no Twitter e no Facebook
 
Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla