Ministério do Esporte Anfitrião, povo Xerente se prepara para os Jogos Mundiais dos Povos Indígenas
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE

 
Conheça os principais programas e ações do Ministério do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações: (61) 3217-1875E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

Anfitrião, povo Xerente se prepara para os Jogos Mundiais dos Povos Indígenas

A 70km ao norte de Palmas, cidade-sede dos I Jogos Mundiais dos Povos Indígenas (JMPI), entre os rios Tocantins e do Sono, vive o povo Xerente. Na quarta-feira (30.09), representantes desse povo anfitrião dos Jogos estiveram na Secretaria Municipal Extraordinária dos Jogos Indígenas (Seji), na capital de Tocantins, onde falaram de suas expectativas para o evento.
 
Nas aldeias que circundam o munícipio de Tocantínia, 50 atletas da etnia se preparam para competir em diversas modalidades. “Estamos vindo para apresentar a cultura e mostrar que somos bons nos esportes, inclusive no esporte não indígena. Hoje recebemos material esportivo e vamos treinar mais futebol e corrida. O mundo todo vai conhecer a cultura Xerente”, garantiu o vice-coordenador esportivo da delegação para os Jogos, Silvino Sirwãwe Xerente.
 
A delegação Xerente tem o apoio das prefeituras de Palmas e de Tocantínia, que viabilizaram material esportivo para o treinamento dos atletas. “Se há um time da casa, com certeza ele é Xerente. Estamos fazendo o possível para que o desempenho deles nos Jogos seja o melhor e para que possam mostrar ao mundo sua força e cultura”, afirmou o secretário extraordinário dos Jogos Indígenas, Hector Franco.
 
O Comitê Intertribal Memória e Ciência Indígena (ITC), realizador dos Jogos, em parceria com o Ministério do Esporte, Prefeitura de Palmas, Governo estadual e Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), trabalha para garantir o sucesso do evento que vai receber cerca de 2.300 atletas indígenas de 22 etnias brasileiras e cerca de 20 países. A competição em Palmas vai ser realizada de 20 a 31 de outubro.
 
Fonte: Secretaria Municipal Extraordinária dos Jogos Indígenas
Ascom - Ministério do Esporte
Acompanhe as notícias do Ministério do Esporte no Twitter e no Facebook
Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla