Ministério do Esporte Secretário de Alto Rendimento apresenta a prefeitos Centro de Iniciação ao Esporte
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE

 
Conheça os principais programas e ações do Ministério do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações: (61) 3217-1875E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

Secretário de Alto Rendimento apresenta a prefeitos Centro de Iniciação ao Esporte

O Plano Brasil Medalhas 2016 e o projeto "Centro de Iniciação ao Esporte" foram os temas da apresentação do secretário nacional de Esporte de Alto Rendimento, Ricardo Leyser, durante o Encontro Nacional com Novos Prefeitos e Prefeitas - Municípios Fortes, Brasil Sustentável, realizado em Brasília. Os centros são uma oportunidade para municípios implantarem equipamentos de infraestrutura de iniciação, formação e prática esportiva com recursos do PAC 2, direcionados para as modalidades olímpicas e paraolímpicas selecionadas no Brasil Medalhas.

Segundo Leyser, esses centros têm o papel de desenvolvimento e prática do esporte formal, e se alimentariam dos programas de escolas. "Há aquele aluno que se destaca, não quer jogar com os mais fracos e começa a se desmotivar. É esse aluno que deve ser levado para o centro de iniciação e que passaria para um programa de treinamento de uma determinada prática esportiva. Ao entrar no centro, ele passa a adotar a lógica de competição, ao disputar campeonatos municipais, Olimpíadas Escolares", explicou.

Os centros são ginásios multiesportivos em que crianças e jovens dão início à prática de várias modalidades olímpicas e paraolímpicas, especialmente as sugeridas no Plano Brasil Medalhas. "São essas as modalidades em que o país mais tem chances de ter ídolos, de ganhar medalhas, como motivação para crianças participarem", lembrou o secretário. Ele ressaltou que essa será uma base de alto rendimento, com a formação dos atletas do município.

Há três opções de módulo para o projeto do centro, com área de 2,5 mil m², 3,5 mil m² e 7 mil m², e custos de R$ 2,4 milhões, R$ 2,6 milhões e R$ 3,2 milhões. A prefeitura deverá escolher o que melhor se enquadre nas características do município, como área do terreno disponível ou cobertura de quadras. O edital será lançado em breve.

De acordo com o ex-jogador Pampa, secretário de Esportes de Campos dos Goytacazes (RJ) e medalha de ouro no vôlei em Barcelona 92, se o Brasil tiver estrutura, haverá muitos talentos. "Esse tipo de acesso proporcionado pelo Ministério do Esporte, com secretarias estaduais e municipais, tem que ser dado à população, para fazermos novos campeões", completou.

Confira a matéria em áudio:


Emília Andrade
Foto: Francisco Medeiros

Ascom - Ministério do Esporte
Acompanhe as notícias do Ministério do Esporte no Twitter e no Facebook

Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla