Ministério do Esporte Lei de Incentivo ao Esporte apoia triatleta rumo aos Jogos Olímpicos 2016
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE

 
Conheça os principais programas e ações da Secretaria Especial do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações: (61) 3217-1875E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

Lei de Incentivo ao Esporte apoia triatleta rumo aos Jogos Olímpicos 2016

À frente do projeto Medalha Olímpica Triatleta Juraci Moreira - Temporada 2014, o Instituto Gustavo Borges desenvolve a ação com os recursos captados pela Lei de Incentivo ao Esporte, com a meta de classificar o atleta para os Jogos Olímpicos 2016, no Rio de Janeiro. Além do projeto dirigido ao triatleta, o Instituto vem tentando captar recursos para colocar em prática outras ações, como um projeto para ensinar natação a crianças em vulnerabilidade social, um dos principais objetivos da entidade.

O projeto oferece estrutura adequada de treinamento e evolução, garantindo recursos para pagamento de equipe multidisciplinar, equipamentos esportivos e participação em competições necessárias para o objetivo do projeto, que é a classificação de Juraci para a quarta Olimpíada.  

Juraci participou das Olimpíadas de Sidney, em 2000, Atenas, 2004, e Pequim, 2008. Nos Jogos Pan-Americanos Rio 2007, o brasileiro conquistou a medalha de bronze. Em seu retorno, ao Circuito Mundial, o triatleta foi o segundo colocado na Copa Pan-Americano de João Pessoa, depois de ficar onze meses sem competir.

No Campeonato Brasileiro de Triatlo da categoria elite, em abril deste ano, na ponte JK, em Brasília, Juraci garantiu o sexto título, deixando Marcus Fernandes em segundo e Diogo Sclebin em terceiro. A competição teve um percurso desafiador de 1,5 km de ciclismo e mais 10 km de corrida.


O atleta disse estar muito feliz com o resultado, pois está no caminho certo preparando de forma correta para chegar bem na disputa por mais uma vaga olímpica. A nova conquista confirmou a excelente fase do triatleta, que voltou a disputar provas oficiais. "Confio na minha equipe de treinamento, com técnicos especializados em cada modalidade e outros profissionais", disse.

Juraci e Gustavo mantêm uma relação de amizade e parceria por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, na captação de patrocínios para a "corrida pela vaga olímpica". A amizade começou na Olimpíada de Sidney, em 2000, quando Jura iniciava sua trajetória nos Jogos, e Gustavo se despedia da carreira como atleta. "É uma honra ter ele, que sempre foi meu ídolo no esporte, como amigo e parceiro nos projetos do Instituto Gustavo Borges", afirmou Juraci.

"Gustavo é meu espelho, como pessoa e profissional, principalmente na gestão de carreira. Tenho certeza de que essa proximidade e apoio vão me trazer benefícios, visando meu objetivo, que é subir ao pódio nas Olimpíadas Rio 2016", acrescentou o curitibano, que mora e treina em Campinas, interior de São Paulo.


Cleide Passos
Foto: Divulgação
Ascom - Ministério do Esporte
Acompanhe as notícias do Ministério do Esporte no Twitter e no Facebook

Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla