Ministério do Esporte Projeto da Lei de Incentivo leva escolinha de futebol para jovens de Pernambuco
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE

 
Conheça os principais programas e ações da Secretaria Especial do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações: (61) 3217-1875E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

Projeto da Lei de Incentivo leva escolinha de futebol para jovens de Pernambuco

Para 200 jovens da cidade de Belo Jardim, em Pernambuco, o sonho de treinar em um clube de futebol virou realidade. Na última segunda-feira (08.04), os alunos de instituições públicas do município participaram da primeira aula do projeto Belo Jardim FC pela Inclusão Social, iniciativa do clube de futebol da cidade que oferecerá aulas da modalidade para jovens de 11 a 17 anos. O projeto é realizado com recursos captados por meio da Lei de Incentivo ao Esporte.

Os treinos são oferecidos duas vezes por semana e, além de contar com o acompanhamento de professores de educação física durante as aulas, os alunos receberão atendimento psicológico e escolar. Os uniformes e chuteiras, e todo o material necessário para as atividades também foram fornecidos pelo projeto.

Segundo Jonas Torres, presidente do clube, a demanda por escolinhas que oferecessem alguma ocupação aos jovens no contraturno escolar era muito grande. Ele acompanhou a primeira aula da turma e ressalta que todos os alunos estavam bastante ansiosos para o início das atividades. "A escolinha de futebol veio para contemplar um horário em que os alunos não tinham nenhuma atividade. Temos algumas escolinhas particulares aqui, mas nenhuma iniciativa social acessível a uma população carente como esta. Os alunos estavam muito empolgados com a primeira aula", disse.

Agora, o projeto visa aumentar o número de atendidos, já que nem todos os inscritos puderam ser contemplados na primeira turma. "A procura foi muito grande. Tivemos 353 inscrições em apenas sete dias. Nossa meta agora é, também por meio da lei, ampliar o projeto e atender àqueles que ficaram de fora", completa Jonas.

Paula Braga
Foto: Divulgação
Ascom - Ministério do Esporte

Acompanhe as notícias do Ministério do Esporte no Twitter e no Facebook

Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla