Ministério do Esporte Ministério do Esporte e Prefeitura de Palmas discutem organização dos Jogos Mundiais Indígenas
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE

 
Conheça os principais programas e ações do Ministério do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações: (61) 3217-1875E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

Ministério do Esporte e Prefeitura de Palmas discutem organização dos Jogos Mundiais Indígenas

Foto: Francisco MedeirosFoto: Francisco MedeirosO ministro do Esporte, Aldo Rebelo, reuniu-se nesta quinta-feira (08.05) com o prefeito da cidade de Palmas, no estado do Tocantins, Carlos Enrique Franco Amasha. Durante o encontro, eles discutiram a organização e os preparativos para a realização da primeira edição dos Jogos Mundiais Indígenas, prevista para junho de 2015, na capital tocantinense.

Segundo o coordenador das assessorias do Ministério do Esporte, Luís Antônio Paulino, o governo federal dará o apoio necessário aos Jogos, como vem fazendo em todas as edições nacionais. “A responsabilidade será do Comitê Intertribal, mas o suporte será do Ministério do Esporte, em parceria com a Prefeitura de Palmas”, ressaltou.

O prefeito Carlos Enrique disse que a oficialização de Palmas como sede dos Jogos Mundiais se deu, principalmente, pelo fato de a cidade ter grande parcela de sua população formada por indígenas, além de  atender a uma série de critérios do comitê. “Temos aproximadamente 14 mil índios, sendo cinco mil deles vivendo na cidade de Tocantínea, vizinha a Palmas.”

“Estamos dando os primeiros passos e tendo todos os cuidados para que o evento seja um sucesso. O país está trabalhando para sediar dois dos maiores eventos esportivos do mundo, a Copa 2014 e as Olimpíadas 2016. Nesse intervalo, sediaremos a primeira edição dos Jogos Mundiais Indígenas, ideia fantástica do Ministério do Esporte e do Comitê Intertribal que se consolidou durante os Jogos Indígenas de Cuiabá, no ano passado, com a presença de 45 líderes indígenas estrangeiros”, lembrou Carlos Enrique.

“Os Jogos Mundiais nascem com a marca de nossas raízes, dos nossos indígenas. No próximo dia 20 de maio, Palmas completará 25 anos, e já com as condições para ser um novo paradigma, com respeito às suas origens e com um novo conceito de sustentabilidade. Os Jogos terão a marca legitimamente brasileira”, afirmou o prefeito.

“Vamos aproveitar para deixar um legado da realização dos Jogos em nossa capital, como pista olímpica e equipamentos esportivos, entre outras obras que vão beneficiar a população”, concluiu Carlos Enrique.

Cleide Passos
Ascom – Ministério do Esporte
Acompanhe as notícias do Ministério do Esporte no Twitter e no Facebook

Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla