Ministério do Esporte Jogos Mundiais dos Povos Indígenas estão confirmados para julho de 2015, no Brasil
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE

 
Conheça os principais programas e ações do Ministério do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações: (61) 3217-1875E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

Jogos Mundiais dos Povos Indígenas estão confirmados para julho de 2015, no Brasil

 

Em clima de muita festa e alegria, líderes estrangeiros de 17 países e índios de 48 etnias nacionais receberam na manhã desta quarta-feira (13.11), na Oca do Saber, na arena Sucuri, em Cuiabá, a visita do ministro do Esporte, Aldo Rebelo, que firmou um acordo com o Comitê Intertribal (ITC), e o governo do estado, para a realização dos Jogos Mundiais dos Povos Indígenas, previstos para julho de 2015, no Brasil.

Para Aldo Rebelo, mais do que um evento, os Jogos Mundiais dos Povos Indígenas serão da humanidade. “Esses Jogos serão a valorização e o reconhecimento de algo saudável e permanente, da troca de valores e de experiências civilizatórias firmadas entre os povos de várias nações, inclusive da China, da Austrália, e da Rússia, que já confirmaram a participação”, disse o ministro.

Acompanhado de várias autoridades brasileiras e estrangeiras, Aldo recebeu os cumprimentos e foi apresentado a todos os líderes, que mostraram e agradeceram a oportunidade de estar participando dos Jogos dos Povos Indígenas, em Mato Grosso.

Líder canadense, ex-atleta e primeiro índio a cursar a universidade e primeiro representante de seu povo na Organização das Nações Unidas (ONU), Willie Littlechaild afirmou emocionado: “Há 35 anos, os nossos ancestrais sonhavam com esse momento. Mas foi em uma reunião na Suécia com um brasileiro que esse momento se iniciou. Este é um grande sonho que está sendo realizado hoje”, afirmou o cacique canadense.

Em pronunciamento, o ministro ressaltou que os Jogos dos Povos Indígenas não são um grande momento apenas para as etnias, mas para Mato Grosso, para o Brasil e para o mundo. “A sobrevivência dos povos indígenas é um contraponto a essa sociedade de consumo. As relações humanas não se resumem aos valores do mercado, mas aos valores e direitos humanos. Celebramos hoje, no Brasil, a preservação da história, da memória, da cultura, da arte, da relação com a natureza e com o mundo”, afirmou Aldo Rebelo.

Aldo enfatizou ainda que a realização dos Jogos não paga a dívida da sociedade brasileira com os indígenas. “Nós o fazemos como uma medida de preservação, pois ao os preservar, estamos preservando a nossa sobrevivência. Que esse momento seja um compromisso firmado por nós, pelo estado e pelo governo brasileiro”, concluiu. 

Candidatura

Segundo o diretor do Comitê Intertribal Memória e Ciência Indígena, Marcos Terena, a escolha da cidade que sediará os Jogos Mundiais Indígenas deverá sair no mês de janeiro de 2014. Antes, o Ministério do Esporte e o Comitê Intertribal se reúnem para definir os critérios da escolha. No momento pleiteiam sediar os Jogos Mundiais em 2015 as cidades de Belém, Palmas, Petrópolis (RJ), Bertioga (SP) e Cuiabá.

 

Cleide Passos, de Cuiabá
Foto: Francisco Medeiros
Ascom – Ministério do Esporte
Acompanhe as notícias do Ministério do Esporte no Twitter e no Facebook

 

Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla