Ministério do Esporte Handebol masculino vence a Venezuela e conquista o ouro
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE

 
Conheça os principais programas e ações do Ministério do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações: (61) 3217-1875E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

Handebol masculino vence a Venezuela e conquista o ouro

Uma vitória esmagadora de 31 a 21 para o Brasil sobre a Venezuela deu a medalha de ouro à equipe brasileira de handebol, na tarde dessa quarta-feira (05.12) no Ginásio da UFRN, em Natal. A equipe do Colégio Castro Alves, da cidade de Icariacica, no Espírito Santo, já é bicampeã brasileira em handebol masculino. Agora, a consagração veio com a medalha de ouro sobre a Venezuela.

O primeiro tempo terminou de 11 a 8 para o Brasil, demonstrando que aquele jogo seria em ritmo de treino. De acordo com o técnico da equipe, professor Eduardo Palaoro, o Brasil já tinha jogado contra a Venezuela durante os jogos de grupo e tinha vencido. "A gente já espera uma vitória, pois treinamos muito para conquistar a medalha de ouro", disse.

O jogador da equipe brasileira João Vitor, com a camisa número 9, foi o destaque da partida, fazendo vários gols. Quando o Brasil estava postado na defesa, todos os jogadores gritavam "muralha" e faziam um paredão quase intransponível. A menos de quatro três minutos para acabar a partida, o Brasil vencia por 27 a 15 quando um jogador adversário foi expulso, deixando sua equipe com apenas cinco jogadores. Foi o golpe final para a falta de reação e a derrota.

Disputa do bronze
A 20 segundos do término da partida, a Argentina vencia por 18 a 17 e deixou que os colombianos empatassem em 18 a 18. O jogo, valendo a medalha de bronze, não teve prorrogação e foi direto para disputa dos sete metros, com cinco tiros livres para cada equipe. No final, a Colômbia ganhou nos tiros livres pelo placar de 3 a 1, ficando com o bronze.

Durante toda a partida o placar se manteve empatado ou com uma pequena vantagem para a equipe Argentina, que terminou o primeiro tempo com a vantagem de 9 a 7. No início do segundo tempo, o contra-ataque colombiano funcionou e eles conseguiram se manter com o placar encostado na Argentina.

No final do jogo, o que se viu foi a torcida argentina que estava na arquibancada consolando os jogadores derrotados, que caíram no choro com a vitória dos colombianos, que festejavam a vitória da medalha de bronze, no outro lado da quadra.

Confira mais informações no site dos Jogos Sul-Americanos Escolares

Alex Gurgel/CBDE
Foto: Alex Gurgel

Ascom - Ministério do Esporte
Acompanhe os Jogos nas redes sociais do Ministério do Esporte no Twitter e Facebook

Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla