Ministério do Esporte Jogos dos Povos Indígenas de Cuiabá terão participações internacionais
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE

 
Conheça os principais programas e ações da Secretaria Especial do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações: (61) 3217-1875E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

Jogos dos Povos Indígenas de Cuiabá terão participações internacionais

Cuiabá será este ano a capital indígena das Américas. A capital do Mato Grosso recebe de 11 a 19 de outubro cerca de 1,6 mil índios - homens e mulheres, jovens e sábios -  de 48 etnias do Brasil, além de representações de 17 países durante a 12ª edição dos Jogos dos Povos Indígenas. Lideranças dos Estados Unidos, Canadá, Colômbia, Venezuela, Bolívia, México, Guatemala, Chile, Peru, Equador, Panamá, Argentina, Guiana Francesa, Nicarágua, Austrália e Nova Zelândia são esperadas.
 
De acordo com o diretor do Comitê Intertribal Memória e Ciência Indígena (ITC), Marcos Terena, Chile e Canadá estudam a possibilidade de participar também como delegação, tanto das competições esportivas quanto das manifestações culturais. "As demais representações indígenas internacionais participarão do fórum social indígena", afirmou Terena, ao ressaltar que essa é uma das temáticas mais importantes dos Jogos.
 
"O encontro será um dos momentos mais interessantes dos jogos. Nele acontece a troca de conhecimento e debate com as mais variadas pautas de interesse dos índios", reforça Rivelino Macuxi, coordenador-geral de Política Esportiva Indígena, do Ministério do Esporte. Entre os temas a serem debatidos no fórum social indígena está a realização dos Jogos Mundiais Indígenas, possivelmente em 2015.
 
Os Jogos dos Povos Indígenas são considerados um dos maiores encontros esportivos culturais e tradicionais de indígenas de toda a América. Têm como objetivo promover o esporte socioeducacional como identidade das culturas autóctones, voltado à promoção da cidadania indígena, à integração e aos valores da raça. Este ano, a aldeia global dos jogos verdes terá como testemunha as águas do Rio Cuiabá e como palco, o Jardim Botânico da capital mato-grossense.

A infraestrutura do maior evento intertribal do país será preparada  com base na arquitetura indígena e com conceito sustentável. Ela incluirá a construção da arena dos jogos, alojamento dos indígenas, feira de artesanato e ocas da sabedoria, digital e da literatura. Outro destaque é a Feira Agrícola Indígena, coordenada pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), que será montada pela primeira vez na história dos jogos.
 
Patrocinados pelo Ministério do Esporte, os Jogos Indígenas são uma iniciativa do Comitê Intertribal e têm a parceria do governo do Mato Grosso, da prefeitura de Cuiabá e da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

Ouça a notícia:




Carla Belizária
Foto: Francisco Medeiros
Ascom - Ministério do Esporte
Acompanhe as notícias do Ministério do Esporte no Twitter e no Facebook

Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla