Ministério do Esporte Secretário Marco Aurélio Vieira participa do Fórum Nacional do Desporto Universitário, em Brasília
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE

 
Conheça os principais programas e ações da Secretaria Especial do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações:  (61) 3217-1875E-mail:O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

Secretário Marco Aurélio Vieira participa do Fórum Nacional do Desporto Universitário, em Brasília

O secretário especial do Esporte do Ministério da Cidadania, Marco Aurélio Vieira, participou, como palestrante, nesta quinta-feira (21.03), em Brasília, do 15° Fórum do Desporto Nacional. O evento, promovido anualmente pela Confederação Brasileira do Desporto Universitário – CBDU, passou por reformulação em 2019 e passou a ser composto por mesas redondas com interação entre palestrantes e público.

O Fórum foi composto por três debates sobre os temas Importância, Relevância e Abragência do desporto universitário. Marco Aurélio Vieira conduziu a mesa redonda Abrangência e aproveitou a oportunidade para apresentar os investimentos federais feitos no desporto universitário.

Secretário Especial do Esporte, Marco Aurélio Vieira, no Fórum da CBDU. Foto: Francisco Medeiros/Min. CidadaniaSecretário Especial do Esporte, Marco Aurélio Vieira, no Fórum da CBDU. Foto: Francisco Medeiros/Min. Cidadania

O medalhista olímpico da vela Lars Grael abriu o Fórum pela manhã e comandou o painel Importância. Na sequência, à tarde, os jornalistas Jonas Moura, do Lance!, Renatinho, da Rádio CBN, e José Renato Ambrósio, da ESPN, debateram o tema Relevância. O secretário do Ministério da Cidadania foi o último a se apresentar e fechou o 15º Fórum do Desporto Nacional.

Marco Aurélio Vieira destacou números relevantes sobre o investimento federal no desporto universitário. Apenas nas duas últimas edições das Universíades de Verão, as Olimpíadas Universitárias, realizadas em 2015, em Gwangju, na Coreia do Sul, e em 2017, em Taiwan, foram investidos R$ 11,6 milhões para assegurar a participação brasileira nas competições.

O investimento é grande, está bem distribuído, e a ideia é melhorar essa distribuição ainda mais nos próximos anos”
 
Marco Aurélio Vieira, secretário especial do Esporte
 

Os recursos foram empregados no custeio de passagens, taxas de inscrição, alimentação e hospedagem. Em Taiwan, 183 atletas brasileiros disputaram provas em 14 modalidades esportivas. Do total, 45% eram beneficiados pela Bolsa Atleta do governo federal. A próxima edição da Universíades será entre 3 e 14 de julho, em Nápoles, na Itália. Está em análise o apoio da Secretaria Especial do Esporte do Ministério da Cidadania para a delegação brasileira.

“O desporto universitário e o desporto educacional são aspectos que abrangem tanto o esporte de base quanto o esporte participativo e o esporte de alto rendimento”, ressaltou Marcou Aurélio Vieira. “Às vezes, nos esquecemos que os dois atendem esses aspectos, tanto do alto rendimento como da base. No caso do esporte universitário, falamos da ponta da linha da prática esportiva escolar. Temos hoje no Brasil uma representação significativa de atletas que são universitários”, prosseguiu o secretário.

Durante sua conversa com a plateia, composta por presidentes das federações estaduais universitárias, atletas e representantes de diversos setores ligados ao esporte, o secretário apresentou exemplos de convênios que estão em execução com a pasta:

» R$ 3,9 milhões repassados para Universidade Federal do Paraná para desenvolver a segunda fase do projeto Inteligência Esportiva

» R$ 4 milhões repassados para Universidade Federal de Minas Gerais para investir na formação de recursos humanos e no desenvolvimento de pesquisa aplicados ao esporte de alto rendimento

» R$ 1,4 milhão repassados para Universidade Federal de Goiás para executar o Projeto de Pesquisa "Mergulho: Visibilidade do Esporte e Atleta Paralímpico”

» R$ 1,9 milhão repassados para Universidade Federal Fluminense para realizar o Projeto Circuito UFF-RIOTRIATHLON

» R$ 3,1 milhões repassados para Universidade Federal de Santa Maria para modernização do Grupo de Laboratórios Associados do Centro de Educação Física e Desportos

» R$ 1,7 milhão para a Universidade Federal de Minas Gerais para o projeto de excelência com atletas paralímpicos (veja vídeo)

“O investimento é grande, está bem distribuído, e a ideia é melhorar essa distribuição ainda mais nos próximos anos”, afirmou o representante do governo federal. Marco Aurélio foi aplaudido quando destacou a importância da prática da educação física nas escolas e disse que é objetivo do governo atual que fazer com que a matéria volte a ser obrigatória na grade curricular brasileira.

Para Luciano Cabral, presidente da CBDU, o Fórum foi um sucesso em seu novo formato, pois aproximou palestrantes e o público em torno de um debate sobre o desporto universitário no país. “A CBDU está completando 80 anos em 2019 e nós procuramos trazer uma maior qualidade possível para este Fórum”, destacou.

“Fomos buscar, no âmbito esportivo, uma voz que tem bastante coerência no cenário nacional, que é o Lars Grael, para que ele compartilhasse conosco como enxerga o esporte universitário e nos passasse toda sua experiência no esporte. Na parte de comunicação, ouvimos alguns representantes de veículos que fazem o jornalismo esportivo em nosso país para que eles falassem como observam o esporte universitário e, para fechar, buscamos ouvir a maior autoridade do esporte no governo brasileiro, o general Marco Aurélio, secretário Especial do Esporte”.

Luiz Roberto Magalhães – Ministério da Cidadania

Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla