Ministério do Esporte Com mais duas unidades no interior paulista, chega a 18 o número de Centros de Iniciação ao Esporte inaugurados no país
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE

 
Conheça os principais programas e ações da Secretaria Especial do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações: (61) 3217-1875E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

Com mais duas unidades no interior paulista, chega a 18 o número de Centros de Iniciação ao Esporte inaugurados no país

Área de atletismo do CIE de São José do Rio Preto (Foto: Abelardo Mendes Jr/Ministério da Cidadania)Área de atletismo do CIE de São José do Rio Preto (Foto: Abelardo Mendes Jr/Ministério da Cidadania)

 

O Brasil já conta com 18 Centros de Iniciação ao Esporte (CIEs). Nesta sexta-feira (15.03), foram entregues duas unidades no interior de São Paulo, nas cidades de São José do Rio Preto e Franca. O secretário especial do Esporte do Ministério da Cidadania, Marco Aurélio Vieira, participou das cerimônias de inauguração dos CIEs, que são do modelo 3, com ginásio poliesportivo e complexo de atletismo. Foram investidos pelo governo federal R$ 7,7 milhões nas instalações. As unidades podem oferecer até 20 modalidades esportivas para atender atletas olímpicos e paralímpicos.

“São instalações modernas, com equipamento de alto nível. Acredito que vamos conseguir inclusão social e qualidade de desporto de base e de alto rendimento”, destacou Marco Aurélio Vieira. “Será beneficiada também a comunidade de até 20 cidades no entorno de São José do Rio Preto e 10 municípios próximos a Franca. Isso aumenta o número de praticantes de atividades físicas, a qualidade de vida e a utilização plena da infraestrutura”, acrescentou o secretário.

A instalação de São José do Rio Preto foi construída no Bairro Parque Residencial da Amizade e contou com investimentos federais de R$ 3,8 milhões. O CIE tem 3.750 metros quadrados de área construída, em um terreno de 7 mil metros quadrados, com ginásio poliesportivo, estruturas de atletismo – pista e tanques de saltos e arremessos –, requisitos de acessibilidade, área de apoio para administração, sala de professores e técnicos, vestiários, enfermaria, copa, depósito e sanitários.

O centro recebeu o nome do jornalista Deva Pascovicci, uma das vítimas do trágico acidente com o avião que transportava a equipe da Chapecoense para disputar na Colômbia a final da Copa Sul-Americana, em novembro de 2016. O prefeito Edinho Araújo homenageou o jornalista em seu discurso, emocionando a viúva e a filha de Deva, presentes à solenidade. Foram lidos também textos enviados pela Chapecoense e pelo Atlético Nacional de Medellín, que seria o adversário do time catarinense naquela final. Nascido na vizinha cidade de Monte Aprazível, Deva construiu a carreira de jornalista esportivo em São José do Rio Preto.

Dia e noite
Após a inauguração do CIE de São José do Rio Preto, o secretário Marco Aurélio Vieira seguiu para Franca, a 300 quilômetros de distância. Instalada no Jardim Cambuí, na região Norte da cidade, a unidade francana ocupa área aproximada de 8 mil metros quadrados. O equipamento conta com um ginásio coberto e quadra multiuso, um mezanino com espaço para instalação de academia de ginástica, elevador padronizado para o acesso de cadeirantes e pessoas idosas e demais equipamentos de acessibilidade, além de uma pista de atletismo emborrachada. 

Secretário Marco Aurélio Vieira na inauguração do CIE de Franca (Foto: Abelardo Mendes Jr/Ministério da Cidadania)Secretário Marco Aurélio Vieira na inauguração do CIE de Franca (Foto: Abelardo Mendes Jr/Ministério da Cidadania)

O centro recebeu investimentos de R$ 3,9 milhões do governo federal. A gestão do espação será realizada pela Secretaria de Esportes, Arte, Cultura e Lazer do município e pela Fundação Esporte Arte Cultura (Feac). Segundo o prefeito Gilson de Souza, a ideia é deixar o centro aberto permanentemente para uso dos moradores, a partir de um agendamento a ser definido com a orientação dos educadores designados para trabalhar no local.

“Usem o CIE de manhã, de tarde e de noite. Cuidar dos equipamentos públicos é um dever de todos. Essa é a casa de vocês. Aproveitem!”, disse o secretário Especial do Esporte ao se dirigir à comunidade. Marco Aurélio Vieira também citou o ex-jogador da seleção brasileira de basquete Chuí, hoje secretário executivo da Secretaria de Esportes do governo estadual, presente à inauguração: “A maior emoção que um atleta pode ter é ver a bandeira do Brasil sendo hasteada pelo mundo. Tenho certeza de que sairão daqui atletas como o Chuí, que vão representar o país em competições internacionais”.

Legado nacional
Os CIEs constituem o maior projeto de legado nacional de infraestrutura esportiva dos Jogos Rio 2016. O programa conta hoje com 132 contratos ativos, em 131 municípios distribuídos em todas as regiões brasileiras, num investimento federal da ordem de R$ 471,3 milhões. Em todo o país, 18 unidades já foram inauguradas e outras 16 devem ser entregues ainda neste semestre.

Foto: Abelardo Mendes Jr/Ministério da CidadaniaFoto: Abelardo Mendes Jr/Ministério da Cidadania

O estado de São Paulo contará, ao todo, com 25 instalações, o que representa um investimento federal de R$ 89,7 milhões. Além das inaugurações desta sexta-feira, outras seis unidades foram entregues: Franco da Rocha, Santana de Parnaíba, Barueri, Taboão da Serra, Itapevi e e Praia Grande. Está prevista para este semestre a inauguração de mais três unidades: Itapetininga, Sumaré e Santa Bárbara d’Oeste.

Cada CIE pode oferecer até 13 modalidades olímpicas (atletismo, basquete, boxe, handebol, judô, lutas, taekwondo, vôlei, esgrima, ginástica rítmica, badminton, levantamento de peso e tênis de mesa); seis paralímpicas (esgrima em cadeira de rodas, judô, halterofilismo, tênis de mesa, vôlei sentado e goalball) e uma não-olímpica (futsal).

Galerias de fotos dos CIEs

CIE Franca (SP)CIE Franca (SP)

 

CIE São José do Rio Preto (SP)CIE São José do Rio Preto (SP)

 

Paulo Rossi – Ministério da Cidadania, de São José do Rio Preto e Franca (SP)

Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla