Ministério do Esporte Secretário Marco Aurélio participa da primeira reunião da comissão da Lei de Incentivo ao Esporte 2019
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE

 
Conheça os principais programas e ações da Secretaria Especial do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações:  (61) 3217-1875E-mail:O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

Secretário Marco Aurélio participa da primeira reunião da comissão da Lei de Incentivo ao Esporte 2019

O secretário especial do Esporte do Ministério da Cidadania, Marco Aurélio Vieira, participou, nesta segunda-feira (25.02), em Brasília, da primeira reunião da comissão técnica da Lei de Incentivo ao Esporte em 2019. Com 66 processos em pauta, o secretário ressaltou o papel do mecanismo legal para ampliar o acesso do esporte aos brasileiros.
 
Foto: Abelardo Mendes Jr/ Secretaria Especial do Esporte/Ministério da CidadaniaFoto: Abelardo Mendes Jr/ Secretaria Especial do Esporte/Ministério da Cidadania
 
“É uma satisfação estar aqui. Fiz questão de participar da primeira reunião do ano. Ela deveria ter acontecido em janeiro, mas é importante entender que estamos vivendo uma transição de governo até hoje. Assim, gostaria de cumprimentar a equipe pelo esforço, pois, mesmo sem as nomeações, estão realizando uma reunião. Para nós interessa que haja solução de continuidade naquilo que entendemos que é o maior esforço de governo no incentivo ao esporte”, disse.
 
O secretário acrescentou que a intenção é melhorar o mecanismo legal. “Entendemos que é crucial não só manter a Lei de Incentivo ao Esporte, mas aperfeiçoar para melhor utilizar o dinheiro público, fazendo com que o esporte seja mais um elo na cidadania plena dos brasileiros”, acrescentou.
 
Segundo Marco Aurélio, é muito saudável que haja um aprimoramento no mecanismo por conta de novos olhares e formas de entenderem os problemas. “Temos como meta principal o aperfeiçoamento, não só da execução da lei propriamente dita, mas da desburocratização dos processos. Para que se tornem mais ágeis e, principalmente, mais transparentes”, revelou.  
 
Foto: Abelardo Mendes Jr/ Secretaria Especial do Esporte/Ministério da CidadaniaFoto: Abelardo Mendes Jr/ Secretaria Especial do Esporte/Ministério da Cidadania
 
Breno Barros - Ministério da Cidadania
 
Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla