Ministério do Esporte Natal recebe a primeira etapa regional do novo formato dos Jogos Escolares da Juventude
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE
Ministério do
Esporte

 
Conheça os principais programas e ações do Ministério do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações: (61) 3217-1875E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

Natal recebe a primeira etapa regional do novo formato dos Jogos Escolares da Juventude

A cidade de Natal está pronta para a realização da primeira etapa regional dos Jogos Escolares da Juventude 2018, maior competição estudantil do país. Organizada pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), a etapa reunirá cerca de 1.300 alunos-atletas, com idade entre 12 e 17 anos, para a disputa de vagas para a etapa nacional nas quatro modalidades coletivas do evento: basquete, futsal, handebol e vôlei. Representantes do COB estão na cidade para acertar os últimos detalhes da competição, com início marcado para quinta-feira (13). 
 
“Os principais pilares da competição são a valorização do professor de educação física, o fortalecimento do esporte na escola, a identificação de talentos esportivos e o desenvolvimento das modalidades em parceria com as Confederações Brasileiras Olímpicas”, reforçou André Mattos, coordenador-geral dos Jogos Escolares da Juventude. “Estamos muito animados com a estrutura disponibilizada pela cidade de Natal para o evento e com a grande participação dos estados. Temos certeza que o novo formato da competição será um sucesso. A maior transformação do projeto é a possibilidade de mais cidades poderem receber, pois a estrutura necessária é menor”, ressaltou André. 
Foto: Divulgação/COBFoto: Divulgação/COB
 
Com o novo modelo de competição implementado este ano, os Jogos Escolares da Juventude terão outras duas etapas regionais, em Manaus e Joinville. Em novembro, o evento retorna a Natal, para a fase nacional, que terá a participação de quase 6 mil atletas. Ao longo das etapas, os Jogos Escolares reunirão cerca de 2 mil escolas, de 1.220 municípios de todos os 27 estados do Brasil em torno da prática esportiva e da construção da cidadania. 
 
A regionalização das etapas possibilita que mais cidades possam receber o evento. Depois de Natal, os Jogos Escolares seguem pela primeira vez para Manaus, entre 19 e 23 de setembro, e Joinville, entre 26 e 30 de setembro. Para definir as sedes do evento, o COB realizou diversas visitas de inspeção a 16 cidades candidatas. Três quesitos principais foram avaliados para a escolha da cidade-sede: intenção da cidade em realizar o evento, rede hoteleira compatível e locais adequados para as competições. 
 
Nesta primeira etapa, doze locais de competições espalhados pela capital potiguar receberão as competições. Divididos em duas faixas-etárias, 12 a 14 e 15 a 17 anos, os jovens de escolas públicas e particulares de oito estados da Região Nordeste estarão em busca da classificação para a etapa nacional da competição. Nesta quarta-feira (12) acontecem as reuniões técnicas que definirão os confrontos nas quatro modalidades. Entre quinta e sexta-feira serão disputadas as partidas da fase classificatórias. Sábado e domingo serão realizadas as semifinais e finais.
 
Participarão das três etapas regionais escolas representantes dos 27 estados do país. As quatro equipes semifinalistas de cada modalidade, no masculino e no feminino, por etapa e faixa etária, se classificam para a disputa do evento principal. A etapa nacional, em Natal, será disputada entre 12 e 25 de novembro e terá 14 modalidades. Além das quatro coletivas, atletismo, badminton, ciclismo, ginástica rítmica, judô, natação, tênis de mesa, vôlei de praia (apenas na categoria 15 a 17 anos), xadrez e wrestling completam a programação esportiva.
 
Celeiro de talentos para o esporte nacional, os Jogos Escolares vêm a cada ano contribuindo mais e mais com as delegações multiesportivas organizadas pelo COB em competições internacionais. Da delegação composta por 465 atletas do Time Brasil nos Jogos Olímpicos Rio 2016, um total de 52 haviam participado dos Jogos Escolares, entre eles Mayra Aguiar e Sarah Menezes, do judô, Raulzinho, do basquete, Ana Cláudia Lemos, do atletismo, e Hugo Calderano, do tênis de mesa. Até uma medalhista em Jogos Paralímpicos. Bruna Alexandre, também do tênis de mesa – já passou pelos Jogos Escolares da Juventude. 
 
No próximo mês, em Buenos Aires, o Time Brasil será representado por 81 atletas nos Jogos Olímpicos da Juventude. Destes, 33 competiram nos Jogos Escolares entre 59 possíveis em 11 modalidades. No atletismo, por exemplo, que terá 21 atletas, quase 80% passaram pelos Jogos Escolares. 
 
“Além da revelação de talentos para o esporte olímpico brasileiro, o objetivo dos Jogos Escolares da Juventude é contribuir para a inserção social e o fortalecimento da cidadania de todos os jovens participantes, criando oportunidades para os alunos/atletas conhecerem novas cidades e culturas. Neste sentido, o evento conta com uma série de ações culturais, educacionais e sociais desenvolvidas no Centro de Convivência da etapa Nacional”, afirmou André Mattos. 
 
Os Jogos Escolares da Juventude são organizados e realizados pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), correalizados pelo Ministério do Esporte e Grupo Globo, com patrocínio da Coca-Cola e parceria do Governo do Estado do Rio Grande do Norte.
 
Fonte: Comitê Olímpico do Brasil
 
Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla