Ministério do Esporte Centro Paralímpico entra na rota de eventos internacionais
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE
Ministério do
Esporte

 
Conheça os principais programas e ações do Ministério do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações: (61) 3217-1875E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

Centro Paralímpico entra na rota de eventos internacionais

Marcio Rodrigues/CPB/MPIX
 
O Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro receberá neste ano a sua primeira competição internacional. Os Jogos Parapan-Americanos de Jovens de 2017, em São Paulo, representarão a abertura da instalação para eventos de grande calibre com atletas de outros países. São esperados quase mil atletas entre os dias 20 e 25 de março. 
 
A idade dos participantes varia de 13 a 21 anos. Mais de 20 países devem mandar jovens promessas à capital paulistana. A programação da competição contará com 12 modalidades: atletismo, bocha, futebol de 5, futebol de 7, goalball, judô, halterofilismo, vôlei sentado, natação, tênis de mesa, basquete em cadeira de rodas e tênis em cadeira de rodas. Apenas esta última não será sediada no Centro de Treinamento, inaugurado em maio de 2016. O equipamento é o principal legado dos Jogos Paralímpicos Rio 2016 para a infraestrutura dos esportes adaptados. 
 
A organização da competição está sob responsabilidade do Comitê Paralímpico Brasileiro. Até o momento, houve duas reuniões da Comissão de Coordenação. A última ocorreu em dezembro e recebeu Xavi González, CEO do Comitê Paralímpico Internacional (IPC, inglês), e José Luis Campo, que chefia o Comitê Paralímpico das Américas (APC). 
 
"Temos uma expectativa dupla. Queremos que a delegação brasileira seja muito bem representada e que possamos manter o primeiro lugar no quadro de medalhas, o que fizemos nas duas últimas edições do Jogos Parapan-Americanos de Jovens", disse Andrew Parsons, presidente do CPB e vice-presidente do IPC.
 
Buenos Aires, Argentina, foi a sede da última edição dos Jogos, em outubro de 2013. Na ocasião, o evento atraiu 631 atletas, de 16 países, para competir em dez esportes. O Brasil liderou o quadro de medalhas com 209 pódios, sendo 102 de ouro. A primeira edição do Parapan de Jovens foi em 2005, em Barquisimeto, Venezuela, e contou com atletas de dez países. Em 2009, 14 nações estiveram presentes em Bogotá, Colômbia. 
 
"Abrimos há pouco o processo de aplicação dos países para os Jogos, então acredito que ao fim de janeiro nós já teremos uma noção exata de quantos países e quantos atletas estarão em São Paulo. No entanto, tudo indica que teremos o maior Parapan de Jovens da história. As instalações são incríveis no Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro, onde quase todas as modalidades serão sediadas. Isso facilita para que haja uma grande atmosfera para os nossos jovens atletas", disse Xavi González.
 
Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla