Ministério do Esporte Centro de Excelência em Saltos Ornamentais da UnB - Brasília (DF)
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE
Ministério do
Esporte

 
Conheça os principais programas e ações do Ministério do Esporte.
Videorreportagens, textos e fotos mostram como os projetos são colocados em prática e os resultados alcançados em todo o país.

Informações: (61) 3217-1875E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

                          

Centro de Excelência em Saltos Ornamentais da UnB - Brasília (DF)

A cidade que revelou atletas olímpicos como Hugo Parisi e Cesar Castro ganhou o primeiro centro de excelência em saltos ornamentais do país, em março de 2015. Em parceria com o Ministério do Esporte, a Universidade de Brasília (UnB) montou uma das melhores estruturas da América do Sul para o aperfeiçoamento técnico e a prática da modalidade. O local abriga desde os treinamentos da seleção brasileira, cursos de formação e qualificação de treinadores, até aulas para crianças a partir de oito anos, selecionadas por profissionais do projeto nas escolas do Distrito Federal.

O Parque Aquático Professor William Passos, que leva o nome de um antigo docente da UnB, inclui uma piscina olímpica de 50m, uma semiolímpica de 25m, e uma piscina de saltos ornamentais. Além disso, são duas plataformas de saltos (5m e 10m) e quatro trampolins (dois de 1m e dois de 3m).

O espaço ainda conta com um ginásio para trabalho fora d'água, com equipamentos como cinto de segurança, trampolim em seco (o salto é feito em um tanque de espuma picada) e camas elásticas no nível do solo. Os aparelhos permitem que os atletas repitam mais vezes os movimentos com menor esforço, melhorando a performance na piscina.

Fotos: Roberto Castro/ MEFotos: Roberto Castro/ ME

A implantação do Centro de Excelência da UnB, a compra dos equipamentos e a contratação dos 11 profissionais para a equipe multidisciplinar são frutos de um investimento de R$ 1,9 milhão do Ministério do Esporte. A ação pretende trazer grandes benefícios para a formação da base esportiva. Os novos atletas contam com a orientação de técnicos, preparadores físicos, psicólogos, professores de balé e fisioterapeutas, entre outros profissionais.

O local sediou a preparação da equipe brasileira para o Mundial de Desportos Aquáticos e para o Pan-Americano, ambos em 2015. Neste ano, o centro será usado para os treinos preparatórios da seleção para a Copa do Mundo de Saltos Ornamentais e para os Jogos Olímpicos do Rio. O Ministério também destinou R$ 844 mil para preparação de atletas da modalidade por meio de convênio com a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos.

 

Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla