Ministério do Esporte Ministério homenageia empresas que mais investiram no esporte
Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para a busca 3 Ir para o rodapé 4 Página Inicial Mapa do Site Ouvidoria Acessibilidade MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE ACESSIBILIDADE

Ministério homenageia empresas que mais investiram no esporte

 

Atletas e empresários têm encontro marcado nesta terça-feira (9.12) no Esporte Clube Pinheiros, em São Paulo, para a cerimônia de entrega do Prêmio Empresário Amigo do Esporte 2014. O evento, que chega à quinta edição, é uma homenagem do Ministério do Esporte às empresas e pessoas físicas que mais apoiaram e investiram no esporte nacional por meio da Lei de Incentivo ao Esporte (LIE).

A solenidade homenageia os patrocinadores de projetos desportivos e paradesportivos que apoiaram o desenvolvimento e o fortalecimento do esporte nacional. “Nós procuramos com o prêmio valorizar o empenho das empresas no apoio a projetos esportivos que utilizam a Lei de Incentivo. Acreditamos que o principal legado que a legislação deixa é a aproximação do setor privado com o esporte brasileiro”, ressalta o diretor do departamento de Incentivo e Fomento ao Esporte do Ministério, Paulo Vieira.

Durante o evento serão entregues 71 prêmios, distribuídos por oito diferentes categorias: Amigo do Esporte; Melhor Amigo do Esporte; Amigo do Esporte de Participação; Amigo do Esporte de Rendimento; Amigo do Esporte Educacional; Dedicação e Incentivo; Amigo do Esporte - Pessoa física; e Melhor Amigo do Esporte no Estado. Estarão presentes personalidades vinculadas ao esporte nacional, entre atletas, dirigentes esportivos e empresários.


Conhecida como um instrumento extremamente democrático de estímulo ao esporte, a Lei de Incentivo beneficia desde sua criação, em 2007, pessoas de todas as regiões do país e de todas as classes sociais. “É uma lei que atende a todo o Brasil. Temos projetos sendo desenvolvidos, ao mesmo tempo, desde o Acre até o Rio Grande do Sul”, explica o diretor.

Em 2013, por meio dos projetos, mais de 700 mil pessoas foram beneficiadas de forma direta em todo o Brasil, com o investimento de R$ 229,2 milhões, o que representa um aumento de 8% em relação ao ano anterior. A região Sudeste captou 83% dos recursos, seguido pelo Sul (10%), Nordeste (3%), Centro-Oeste (2%) e Norte (2%).

“A Lei de Incentivo ao Esporte é um sonho que virou realidade e a legislação precisa tornar-se permanente. Precisa ser uma lei que não apenas transforma o esporte brasileiro por um período, mas que transforme para sempre a área esportiva”, analisa Paulo Vieira.


Regulamentada em 2007, a Lei de Incentivo ao Esporte permite que empresas e pessoas físicas invistam parte do que pagariam de Imposto de Renda em projetos esportivos aprovados pelo Ministério do Esporte. Empresas podem destinar até 1% desse valor e ainda acumular com investimentos proporcionados por outras leis de incentivo. O teto para pessoas físicas é de 6% do IR.



Breno Barros
Ascom – Ministério do Esporte
Acompanhe as notícias do Ministério do Esporte no Twitter e no Facebook

Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla