O secretário

Décio dos Santos Brasil nasceu em 18 de dezembro de 1956, em Pindamonhangaba, São Paulo. É casado, tem dois filhos e um neto. Estudou na Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN) e é formado em Educação Física pela Escola de Educação Física do Exército, no Rio de Janeiro. O general tem ainda mestrado e doutorado em Ciências Militares e é pós-graduado em Política, Estratégia e Alta Administração do Exército. Tomou posse à frente da Secretaria Especial do Esporte em 30 de abril de 2019.

 

Esportista desde a juventude, Décio Brasil praticou futebol, vôlei, basquete, natação, polo aquático e ginástica. Em 1977, foi campeão das Olimpíadas da AMAN, na prova de hipismo. Em 2000, fez o curso de Administração Esportiva pelo Comitê Olímpico Internacional (COI). No mesmo ano, exerceu a vice-presidência da Comissão de Desportos do Exército (CDE), no Rio de Janeiro.

 


Em 2001 e 2002, foi comandante do 2º Batalhão de Engenharia de Combate, em Pindamonhangaba. No período de 2010 a 2012, comandou como oficial-general a 14ª Brigada de Infantaria Motorizada, em Florianópolis (SC), sendo responsável pelas tropas que atenderam a população afetada pelos desastres naturais no estado. Atuou ainda na preparação e no emprego de tropas na Missão das Nações Unidas no Haiti e na pacificação das comunidades do Complexo do Alemão e da Penha no Rio de Janeiro.

 

No exterior, Décio Brasil foi observador militar no Conflito Equador-Peru em 1995 e Adido do Exército e da Defesa na Venezuela, nos anos de 2006 e 2007.

 

De 2013 a 2016, chefiou o Centro de Capacitação Física do Exército (CCFEx), antes de se tornar vice-chefe do Departamento de Educação e Cultura do Exército, também no Rio, em 2017. Ao longo da carreira, recebeu diversas condecorações, como a Ordem do Mérito Militar, Mérito da Defesa, Mérito Naval e Mérito Aeronáutico, além da medalha do Mérito Desportivo Militar.

 

Décio Brasil participou também da organização de diversos eventos esportivos. Foi o responsável pela ligação do CCFEx com o Comitê de Planejamento Operacional (CPO) para a organização dos 5º Jogos Mundiais Militares de 2011, no Rio de Janeiro, e pelas ações esportivas do Exército nos grandes eventos sediados pelo Brasil entre 2013 e 2016. Atuou ainda como coordenador do Programa de Atleta de Alto Rendimento do Exército.

 

Firmou com a FIFA o acordo que levou a seleção inglesa a utilizar o CCFEx como centro de treinamento durante a Copa do Mundo de 2014. Outra parceria, desta vez com o Comitê Olímpico do Brasil (COB), fez do mesmo local o Centro de Treinamento de Alta Performance do Time Brasil para os Jogos Olímpicos Rio 2016. Décio Brasil foi ainda o coordenador do Exército sobre o legado esportivo olímpico.